Que tal cuidarmos do nosso quintal?

O que vemos, com lastimável frequência, é uma disputa desmedida por poder, por fazer valer a própria vontade e o imediatismo em conseguir os resultados desejados, sem o valioso trabalho de sustentação, esclarecimento e transparência que o caminho evolutivo necessita.