Onde começa a bondade?

Artigo: Marcelle Sampaio | Ilustração: Gisele Caldas
Ilustra_giselecaldas_Bondade_2_-www.gisele-caldas.blogspot.com_
Onde começa a bondade?
No tom da batida do coração?
Onde nasce, de onde brota, por onde se espalha?
Na fibrilação da pulsação da vida, já se nasce com esse dom.
E não importa se queiramos ou não, cada ser tem sempre a fagulha do amor no coração.
Começa-se por si mesmo, no uso da bondade.
Começa-se hoje, se ainda não o fizeste.
O olhar que se encontra refletido no espelho.
Olhos nos olhos de mim mesmo.
O que tenho para me dizer que não somente críticas, elogios, julgamentos?
Quanto amor ofereço à mim?
Quanto amor aceito e recebo de mim?
Se abro um sorriso para meu reflexo no espelho, permito que a doçura do olhar encontre o eco?
Começo por deixar que sim!
Meu amor em mim.
E então o sorriso toma um sentido aqui por dentro, escorrendo, escorrendo, escorrendo.
Pode ser assim?
Porque quando o vi, o amor, em mim, de mim, para mim, foi como pedra n’água,
círculos dentro de círculos, tocando noutros círculos….
Em uma expansão que não determina seu fim.
Podemos começar assim?

15 thoughts on “Onde começa a bondade?

  1. Amei, lindo artigo e ilustração perfeita. Gratidão dupla de Luz! Marcelle e Gisele.

  2. Lindo, verdadeiro e POSSIVEL sim! Gratidão Marcelle. Que significativa sua ilustração Gisele, adorei.

    • Pois é Cris, as ilustrações da Gisele são o casamento perfeito! Beijo com amor e gratidão.

  3. Que lindos (texto e imagem) *.* _/_ Gisele e Marcelle, gratidão, Irmanas, é muito amor. Abraço de montinho.

  4. Simplesmente lindo, Marcelle Sampaio e Gisele Caldas!!! ((( <3 )))

  5. Nossa! Como agradeço esse momento.
    Gratidão a todos e equipe mãe do Era de Cristal: Alê, Iara, Alberto e o Luiz. De coração!

    • Gisele minha irmã, nossa gratidão só aumenta, só se expande em mais luz e amor. De coração!

  6. Eis a direcao que eu buscava. Perfeito complemento ao post do Osvaldo Grecco que eu acabei de ler. A Luz que ilumina o caminho, gratidao imensa irmaos Cristalinos

    • Marineide querida, fico sinceramente muito feliz em poder servir-te como uma seta, através deste artigo. Gratidão por estarmos caminhando juntas.

  7. É verdade! Quando nos olhamos no espelho, o que retorna em termos de energia, é o que emanamos de nosso âmago. É possível nos percebermos e ter ideia do que doamos, seja para nós, seja para outra individualização.
    Gratidão, irmãs queridas!
    Lindos texto e imagem!

    • Rô,grata pelo carinho! E é um presente nos darmos esse simples momento: olhar-se, ver-se, saber-se, não é? Amando para bem além da imagem de si mesmo. Beijo grande!

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: