O que uma espiral de caderno pode ensinar

Sou da época em que os cadernos eram muito estimados, tal como Toquinho** os descreveu com ternura.  Guardavam informações. Nada de muitos celulares, gravadores e câmeras, tanta tecnologia, pouca tangibilidade, que transcendem tempo e espaço, e esta capacidade incrível de armazenamento e compactação. No entanto, estamos aqui, na tridimensionalidade, com mecanismos muito próprios e bem … Read moreO que uma espiral de caderno pode ensinar

O deserto que atravessei

Mais uma vez, suava frio (de medo) sob o sol do deserto. A aridez estendia-se até o horizonte. Este era o cenário padrão de alguns sonhos muito ruins da minha infância. Por mais que fossem apenas pesadelos, cresci com alguma gastura, uma aversão instintiva às imagens belíssimas de lugares assim, até mesmo quando se tratavam … Read moreO deserto que atravessei

Entre muitos espelhos

Se estivermos dispostos a viver um Novo Ciclo, o que tornou-se vício na terceira dimensão — que foge às bases da quinta — deve ser superado. O que sugere que a dualidade deva ser superada, por exemplo. Ao enveredarmos num caminho de autoconhecimento, ouvimos com certa frequência a proposta de olharmos os outros como espelhos. … Read moreEntre muitos espelhos

Já abriu seu presente?

No Natal nem tão distante, você receberá vários presentes. Embrulhados com capricho, em intervalos de 24 horas. Nos pacotes, uma advertência: USO IMEDIATO. No cartão, a mensagem repetida a cada embrulho: “Querido, a você, com todo o meu carinho. Apesar deste Presente ser perecível, é essencial e único”. É possível que comece a ficar frustrado … Read moreJá abriu seu presente?

“Vinde a mim as criancinhas…

Porque delas é o Reino dos Céus.” ***” –  disse Alguém muito especial. Diz a sabedoria popular e quando somos mães, ouvimos com frequência: “onde há crianças, há anjos.” Como esta frase ressoa lá no coração, não é mesmo? Li ainda na adolescência que:  “Os Anjos se comunicam diretamente com nossos corações e com a … Read more“Vinde a mim as criancinhas…

No ventre cristalino da Terra

Faz algum tempo que privilegiamos o uso de dois sentidos à exaustão: visão e audição. Nossos olhos são bombardeados por milhares de informações. Percebemos o transcorrer do tempo através da luz, e eles não têm descanso há algumas décadas. Parece-nos impossível conseguirmos ficar no escuro, o mínimo que seja. Nossos ouvidos são igualmente explorados. Além … Read moreNo ventre cristalino da Terra

Acenda sua Luz e ascenda!

“De modo suave, você pode sacudir o mundo.” – Mahatma Gandhi. Nossa terceira dimensão é um grande campo de experimentação, nela trabalhamos à exaustão tempo e espaço, dualidade, livre arbítrio. E há uma concretude nas nossas manifestações que nos encanta ou aflige. Tal como um jardim de infância, onde os professores recorrem a objetos para … Read moreAcenda sua Luz e ascenda!

Você é o timoneiro

Já repararam na semelhança ortográfica e conceitual entre as palavras timo e timão (roda do leme)? “A roda do leme ou timão é, em náutica, o nome dado ao aparelho que permite governar uma embarcação e que utiliza o leme para modificar o rumo do barco. ”* O timo é uma glândula de nosso corpo, … Read moreVocê é o timoneiro