Vivendo intensamente o agora

Ilustração: Gisele Caldas

Ilustração: Gisele Caldas

Todos passam por desafios diários em diversas proporções, estou observando isso já há algum tempo em minha vida e nos demais. Então me veio essa reflexão que hoje compartilho.

Cada ser que se dispõe a mudar, relembrar e agir de maneira mais centrada, independente da crença, filosofia, e até da não crença, passa por esses confrontos que parecem ser pequenos testes, como se fosse uma forma de usar na prática o que estamos aprendendo, relembrando…

Aqui é um problema de saúde, ali um problema financeiro, mais adiante um relacionamento difícil, enfim situações pessoais que se juntam ao coletivo, trazendo a tona os mais diversos sentimentos. Por isso mesmo procuramos aqui no Movimento, manter sempre a vibração mais elevada possível, para poder-nos auxiliar mutuamente, encontrar um alento para nossa alma e coração.

A recomendação diária, explícita mesmo é que se faça um Espaço do Coração, um alinhamento energético, não como um ritual, mas como uma maneira prática de encontrar o equilíbrio, as respostas, a calma para solucionar as situações, ou para simplesmente seguir sem resistência.

Sempre longe do medo e perto do amor, usando as premissas do Codex, como base para nossas ações.

“Coragem é o enfrentamento e a neutralização de qualquer situação antes que o medo se instale.”

“Agir continuamente movendo o fluxo das energias.”

“Unificar as semelhanças e diminuir as diferenças entre si.”

Vamos conseguir essas mudanças, quando passarmos a nos olhar amorosamente, perceber as nossas dificuldades e aceita-las, não resistir, mas agir, saindo da zona de conforto. Fazer o nosso melhor, usar a nossa maestria, a melhor energia, fluir e crescer.

Fica aqui uma mensagem para esse agora. SEJA LUZ!

“Ser sábio sobre o significado da palavra agora é a arte de ver que cada momento tem seu valor próprio, mesmo que a experiência de tal momento não esteja conectada com qualquer uma de nossas ambições, metas ou preocupações mentais. O significado do tempo dos relógios não é nada quando comparado com a experiência de não sentir o tempo, de estar completamente presente e imerso na tarefa que está sendo realizada.” Mike George/Brahma Kumaris

7 Comments
  1. Reply
    Monica Moreira Pereira 17/10/2014 at 1:44 PM

    Aqui é um problema de saúde, ali um problema financeiro, mais adiante um relacionamento difícil, enfim situações pessoais que se juntam ao coletivo, trazendo a tona os mais diversos sentimentos. Por isso mesmo procuramos aqui no Movimento, manter sempre a vibração mais elevada possível, para poder-nos auxiliar mutuamente, encontrar um alento para nossa alma e coração.
    Disse tudo Ze , Bom nos recordar da importância de termos todas estas ferramentas e vivências , termos umas as outras , partilhando das mesmas Idéias e experiências. Beijos amiga Ze Batista !

    • Sim Monica temos uns aos outros, sou grata a Fonte por proporcionar as ferramentas e o nosso Re-encontro… Bjka!

  2. Reply
    marcelle sampaio 17/10/2014 at 1:52 PM

    Bela reflexão Ze! Me conduziu à situação coletiva pertinente à todos os brasileiros, e por consequência, a cada um neste planeta… nossas eleições. Tenho usado o Codex e o EC para refletir sobre esse momento e o que ele representa para fazer a melhor escolha possível, alinhada com esta vibração, neste agora. E seu artigo veio de encontro e cai como uma luva! Gratidão querida irmã!

    • Sim Marcelle, também tenho pensado muito nisso…. afinal mesmo tendo origens estelares, é aqui neste planeta que estamos, e nele vivemos todas essas experiências, o Codex e o EC, são ferramentas valiosas, que estão ao nosso alcance a qualquer hora. Gratidão por suas palavras!

  3. Colocação muito bem feita, Zê! É como quando estudamos: sempre existem os testes e as provas! Beijos

  4. Muito bem reLembrado Zê ! Grata. Bjs.

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade