Um novo olhar sobre a ajuda aos outros

Texto: Alê Barello | Imagem: Paraíso – Jardín de las delicias de El Bosco

Um novo olhar sobre a ajuda aos outros

Paraíso – Jardín de las delicias de El Bosco

Estamos sempre prontos para ver o melhor de cada situação.

A proposta do Novo Ciclo inclui ficar “longe do medo e perto do Amor” e isso, pode causar a impressão de que pessoas que tentam viver num nível diferenciado de percepção em relação ao mundo, não resistindo ao mal e enxergando cada vez menos os padrões da dualidade, são indiferentes quanto à realidade que se apresenta ao redor.

Daí a acharem que vivemos no “mundo cristalino”, onde problemas não existem, nem dor, nem medo, nem nada do que é considerado “ruim”, é um passo!

O que ocorre não isso: a verdade é que olhar com Amor para as situações exclui os apêndices da própria dualidade, pois quando conseguimos ver as situações como são, muitos dos artifícios egoicos anexados à questão perdem o sentido e somente por isso, podemos subir um nível no padrão de desenvolvimento.

Você olha para alguém que dorme na rua, por exemplo. Se incluir os padrões da dualidade montará internamente uma série de conceitos que o levarão ao medo, indubitavelmente, porque passam pela raiva, pela pena, pela frustração, pela dor, pela paralisação, pela impotência, pela transferência da culpa e sua capacidade de ação, diminui.

Tudo o que se faz por esse viés, ou de impotência, ou de superpotência – ao contrário, podemos achar, também egoicamente, que de nós depende a solução, esquecendo-nos de que “cada ser existente tem do Universo todas as
condições para desenvolver-se com pleno potencial, para crescer e para desfrutar, independentemente de sua forma de individualização”¹ – não se alinha com o Amor.

Apenas quando nos juntamos à outra individualização com conhecimento e consciência de que há um agora, uma situação e uma possibilidade de intervenção, agimos mais e melhor, interferimos positivamente e no final, se além disso pudermos soltar as linhas que nos uniram naquele propósito, teremos a chance de ver o crescimento e o desenvolvimento de todas as partes e o Amor poderá florescer.

Como deve ser: seja Luz!

¹ Lei Universal, Codex
1 Comment
  1. Perfeito, queridona! Abração de luz!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade