Revendo o Caminho

Mafalda, QuinoJá é o terceiro ano que troco minha foto de perfil para a de um desenho animado, no Facebook. Antes, fazia isso no falecido Orkut e acabou virando um ritual que aguardo, com certa ansiedade.

No começo, é claro que fiz isso porque outro alguém fez, mas com o passar dos anos, fui prestando atenção ao que isso ocasionava, em mim, nos outros, na própria vibração do mural, de forma geral.

Para além das teorias relacionadas à criança interior, com as quais podemos ou não concordar, há uma constatação óbvia no processo: FOMOS.

Você não foi “pobre, rico, aluno exemplar, repetente, amado, mimado, esperto, descolado, magro, lindo, independente, precoce, gordo, ótimo em Educação Física, o queridinho dos professores”?

Tudo bem, mas CRIANÇA você foi!

E tinha lá seus planos…

E queria conquistar algumas coisas…

E errava muito! E nem ligava!

Pois bem: que bom poder lembrar-se disso, agora, ocupando um novo personagem, o de adulto.

O crescimento “encapa” nossa forma anterior. Percebem que só agregamos, ao crescer? Nada se solta – a não ser os dentes de leite, o que confirma que toda regra tem lá sua exceção! -, antes, é transformado.

O foco e atenção em algum aspecto de nossa vida, qualquer que seja, traz a consciência e a iluminação para a área observada.

A partir daí um mar de descobertas pode acontecer, dando pistas valiosas para as situações do agora.

Lembrem-se também da Lei da Correspondência, que diz que tudo reflete nos planos imediatamente coligados: passado que refletirá no presente; presente que reflete tanto no passado quanto no futuro.

Se o passado pode ser modificado?

O Codex diz que sim!

É o meu olhar, mais uma vez, que modificado e modificando, me faz notar nuances que não não eram vistas enquanto eu estava naquele presente.

Do selecionar um personagem de desenho que tenha as suas características, ao ato concreto de trocar sua foto de perfil, você pode refletir em quem é, no agora…

Pensando na infância, talvez seus pais, amigos, familiares e semelhantes possam ser recolocados e cheguem merecer a benesse de libertação, porque você sabe, hoje, que é a situação que deve ser perdoada, e não os envolvidos…

Quem sabe, no final das contas, os planos anteriores não possam ser abortados completamente e você desista de ser astronauta, aterrissando de vez na 3D e dando conta de tocar sua vida! Ou ainda, ao contrário: veja o quanto de tempo deixou de usar porque todos diziam que ser bailarina era uma besteira…

Vá lá dançar e deixe de mimimi!

Você é o adulto que toma conta daquela criança e pode entrar num acordo perfeito e harmônico com as regras e dogmas sem sentido que faziam parte do antes.

Então, mudando ou não o seu perfil – o que é o menos importante, na verdade – dê-se o tempo suficiente para analisar seus planos e metas.

Isso, também é Luz.

Seja Luz!

* Alê Barello é a Mafalda, do Quino, até o dia 12 de Outubro!
8 Comments
  1. Perfeito, Alê…
    Faz todo o sentido com tudo o que tenho vivido até agora, quando encontro este Movimento de LUZ que é o Era de Cristal. Como escrevi, agora a pouco no meu mural, “o meu Eu Superior zanzava por aí, esquecendo-se de olhar para dentro e encontrar sua LUZ – aquela que sempre esteve lá, né?
    Neste último encontro do dia 28/09, muitas outras fichas caíram e continuarão caindo, pois alguns “chips” foram acionados e ainda estou tentando compreender muitas coisas.
    Gratidão a você, nossa lider de torcida, aos demais queridos da equipe fixa, e aos queridos irmãos cósmicos que tenho re-encontrado. <3

  2. Lindo e profundo Alê…beijos!

  3. Muito bom texto, Alê querida!

  4. Maravilhoso e perfeito!!! Minha parte favorita: “Você é o adulto que toma conta daquela criança e pode entrar num acordo perfeito e harmônico com as regras e dogmas sem sentido que faziam parte do antes.”

  5. Reply
    Uiara Andriewiski 01/10/2013 at 12:09 PM

    Sempre acho que já não é mais tempo de planejar algo…mas, depois desse texto…realmente percebo, nem que seja para alguns minutos a frente, sempre é gratificante planejar e…sonhar…
    Obrigada Alê que até dia 12 é Mafalda.

  6. Encapar agregando é muito bom! Acolher a criança interior e harmonizar com o adulto que somos faz parte de ser Um, ser Luz… que booom!
    _/_

  7. Entendi. O não abrir mão da imagem que passo hoje, da máscara de adulta séria, me prende em uma caixa. Define limites do que seria ilimitado.
    Gratidão.

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade