Que tal um mergulho?

Texto: Marcelle Sampaio | Ilustração: Gisele Caldas

ilustra_giselecaldas_Alinhamento_ 2www.gisele-caldas.blogspot.comO procedimento do alinhamento energético é uma ferramenta muito prática e extremamente fácil e rápida de se aprender, assim como de se usar.

Lembro-me bem da primeira experiência feita por mim com um áudio que gravei com o passo a passo de como fazer o alinhamento, que tinha disponível aqui no blog no final de 2012. Desta forma eu me dedicava somente a concentração no contato comigo mesma e meu corpo físico, meu primeiro corpo, para então encontrar o terceiro corpo, minha matriz biológica perfeita!

Depois de alinhá-lo ao primeiro, passava ao encontro do quarto corpo para também alinhá-lo ao primeiro, para então, finalizar o processo sem muitas intromissões da minha mente questionadora.

Porém, uma dúvida sempre surgia ao final: será que tinha mesmo encontrado os corpos energéticos, como poderia ter certeza disso?

Segui fazendo o processo, mas confesso que com a vozinha duvidosa me pressionando, fui desanimando… Até que decidi ir a um encontro do movimento Era de Cristal em São Paulo para poder conversar, ouvir mais sobre todas as informações da transição planetária e certamente, tirar todas as dúvidas sobre o alinhamento!

E sim, estar lá foi fundamental para mim pois pude compartilhar minhas dúvidas, praticar o alinhamento sem elas, conquistando a confiança na minha autonomia.

Pronto! Daquele dia em diante passei a me alinhar com mais frequência. Como vira-e-mexe tinha dores de cabeça, comecei a observar não só que as dores passavam, mas também que não estavam tão presentes. Achei fantástico, mas queria entender o porquê.

E foi com a prática, entre conversas e mais idas aos encontros presenciais que fui compreendendo…

Bem, o terceiro corpo é a matriz biológica perfeita do nosso corpo físico. É o projeto inicial perfeito, energético, para uma determinada individualização em uma existência específica.

Faço aqui um parênteses para lembrar que ideia de perfeição tem relação com cada individualização e sua trajetória em determinada existência, sendo portanto, diferente para cada ser. 😉

A cada vez que alinhamos nosso corpo físico (o primeiro corpo) com a matriz perfeita, este se recorda de seu projeto inicial, corrigindo o que não estava de acordo com seu projeto perfeito. Deste modo, ao fazermos o alinhamento com frequência o corpo físico vai se fortalecendo, no contato com a matriz, e o estado saudável para aquele corpo vai se reestabelecendo.

Já o quarto corpo guarda nossas memórias desta existência e portanto, nossas emoções. No procedimento do alinhamento, ao alinharmos o corpo físico ao quarto corpo trazemos para o corpo físico a memória de emoções que nos equilibram, que nos fazem sentir bem, enquanto o quarto corpo leva, arquiva nele um sentimento desarmônico , liberando o corpo físico da energia daquela emoção.

Sabemos que emoções estressantes, tristezas, raiva, mágoas podem adoecer nosso corpo físico, assim ao alinharmos constantemente nossos quarto e primeiro corpos, estamos evitando possíveis acúmulos de energias de emoções que estariam poluindo nosso corpo físico.

É como se o corpo físico fosse um rio, as emoções em desarmonia os poluentes e o quarto corpo uma peneira gigante, que por meio do procedimento do alinhamento recolhe somente os poluentes do rio, enquanto deposita bálsamos sobre o mesmo.

Então, se eu no meu dia a dia alinho meu corpo físico à sua matriz biológica perfeita, relembrando seu projeto inicial; e ao seu corpo de memórias dessa existência liberando emoções dissonantes para serem arquivadas em seu lugar apropriado, e trazendo emoções que o conduz ao equilíbrio e bem-estar, sem dúvida alguma, meu estado geral de saúde e vitalidade vai ser elevar.

Não tem como ser diferente!

Tenho experimentado limpar meu rio e percebo que a cada dia as margens já não acumulam tantos detritos e sua água se torna mais límpida, me possibilitando mergulhar cada vez mais fundo!

Hoje minha relação com essa ferramenta é diária, e ao sentir qualquer princípio de mal-estar faço o alinhamento e nem preciso repetir o procedimento.

Menos dores, menos stress, menos alergias, mais leveza, mais saúde e vigor e até as pancadas e topadas nem roxas mais ficam! E ainda tem as plantas! Sim, as plantas! Ficou curioso(a)?

Que tal um mergulho?

Seja luz!

 

Você que chegou agora pode começar a leitura dos artigos sobre Alinhamento Energético — Correção — por aqui:

 Alinhamento Energético

http://unaversidade.org/movimento/blog/alinhamento-energetico/

Como fazer

http://unaversidade.org/movimento/blog/alinhamento-energetico-2-como-fazer/

Perguntas e Respostas

http://unaversidade.org/movimento/blog/alinhamento-energetico-3-perguntas-e-respostas/

Vale a pena ler a série de artigos Corpos Energéticos, que explica a função de cada um.

http://unaversidade.org/movimento/blog/series/corpos-energeticos/

Há também um curso de oito aulas, gratuito, na plataforma de estudos da Unaversidade. Procure por CORREÇÃO:

http://unaversidade.org/estudos/

Nos encontros presenciais, um dos blocos é dedicado à explicação do Alinhamento e fazemos lá, todo o processo junto com você, tirando suas dúvidas específicas.

Olhe na sessão de Eventos MEC quais são as próximas datas:

http://unaversidade.org/movimento/events/

5 Comments
  1. Reply
    micheline torres 12/08/2014 at 1:41 PM

    pratiquemos pratiquemos pratiquemos !
    gratidao pelo artigo.

  2. Reply
    Gustavo Andriewiski 13/08/2014 at 1:20 AM

    Muto Legal! Vamos mergulhando de cabeça, de corpo e de alma!

  3. Simples assim ,me confundi um pouco com o quarto corpo, o primeiro processo do quarto corpo ,seria as boas vibrações entrando e faço de novo o quarto corpo para levar as sujeiras que nós armazenamos . Sim , Marcelle ,sinto muita falta das reuniões presenciais , e tambem fico com duvidas se acertei no alinhamento , tenho mais segurança no terceiro ,já o quarto penso que me perco no final .

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade