Pokémon Go e a Transição Planetária

Você deve estar se perguntando: o que é que o assunto Pokémon Go está fazendo num site sobre Transição Planetária e desenvolvimento pessoal?

A polêmica da segunda-feira mostra claramente que a Era da Transparência – POR ISSO NOS REFERIMOS A ELA COMO ERA DE CRISTAL – está dando um tapa na cara de quem acha que nós é que somos os malucos! “Blá blá blá… Nada mudou… É tudo invenção para ganhar notoriedade…”. Sei… Vai pensando assim, vai! 😀

A Transparência que se apresenta neste Novo Ciclo é inequívoca. Por vezes, beira o desrespeito, chegando a mostrar-se como invasão de privacidade ou perseguição, mas é apenas a consequência externa de uma mudança muito profunda e planejada dos padrões da REALIDADE.

A VERDADE, por sua vez, é que tanto faz se você quer ou não mostrar a que veio: todas as nossas facetas estão sendo reveladas e ficarão cada vez mais claras, como já dizíamos em 2012 e já sabíamos desde 2001.

Não há como se esconder de nada nem de ninguém; nem em sua cidade, nem em sua rua, nem em seu escritório, nem em sua casa, nem dentro de si mesmo.

Segundo a página oficial do jogo no Brasil:

” Pokémon GO é um novo jogo da franquia Pokémon, que está sendo desenvolvido já há dois anos (desde 2013) com uma parceria entre a The Pokémon Company, a empresa oficial detentora de todos os direitos sobre Pokémon. A Nintendo, que todos já conhecemos e que foi a publisher dos jogos da série. E Finalmente o grande trunfo da jogada, a Niantic, mais conhecida por seu jogo de realidade aumentada para Smartphones Ingress.(…)

Assim como nos jogos da franquia Pokémon que já conhecemos, será possível capturar os monstrinhos, treiná-los para subir de nível e batalhar contra seus amigos!

Pokémon GO contará ainda com os famosos Ginásios Pokémon, como vistos nos jogos normais da série.
Eles serão mais raros de encontrar, pois o objetivo é incentivar os jogadores a sair,explorar e até a viajar para encontrá-los, e permitirão você batalhar para subir o nível de seus Pokémon, ganhar insígnias e realizar outras atividades ligadas aos monstrinhos.”

Resumo da ópera para quem não tem filhos: é um jogo para celular onde, através de realidade aumentada (OLHEM ESSE TERMO!!!!!! 😀 ) o jogador olha para a tela de seu Smartphone e “vê” o ambiente (real: a sala, os móveis, os sofás, as cadeiras, a rua, etc). Neste ambiente ele encontra os tais Pokemons (imagens gráficas) e os captura. A ideia é que procurem nas ruas, parques e em suas casas.

Hoje encontramos um post falando sobre o desenvolvimento do jogo. Está copiado, na íntegra:

” Galera, uma pesquisa rápida me fez chegar ao seguinte:

1° O (Pokemon Go) foi fundado por esse cidadão: John Hanke
2° Ele também fundou a empresa Keyhole, Inc.
3° Essa Keyhole é um projeto de mapeamento de superfícies, foi comprada pelo Google e usado pra fazer o Google Maps/Earth e Street view.
4° Essa Keyhole foi patrocinada pela empresa In-Q-tel, que foi fundada pela CIA em 1999 (só entrar no site deles e comprovar).
5° Até aqui já podemos ver que a CIA indiretamente poderia ter acesso a todos os mapas do planeta, né? só que eles ainda não conseguiam entrar dentro das casas, correto?
6° Esses dias foi lançado o joguinho Pokemon Go, que virou febre na galera e geral anda usando, né?
7° Pra jogar você precisa dar permissão pro aplicativo usar a câmera, gps, microfone e até os dispositivos USB que estiverem conectados no seu smartphone.
8° Sempre que você aceita a permissão, o seu cel já acha 3 pokemons pertos de imediato (os 3 primeiros pokemons).
9° Quando você procura por pokemons dentro de casa, você permite o aplicativo ter uma foto da sala, incluindo as coordenadas e o ângulo do seu celular.
10° Você acabou de registrar as fotos de onde você mora por dentro e dar acesso ao aplicativo.

Mas Matheus, não é paranoia sua? Veja bem, você leu os termos de aceitação pra usar o jogo? acho que ninguém vai ler né? são esses:

– “Nós cooperamos com agências do governo e companhias privadas. Podemos revelar qualquer informação a seu respeito ou dos seus filhos…”

No parágrafo 6 vocês podem achar isso também:
– “Nosso programa não permite a opção “Do not track” (“Não me espie”) do seu navegador”.

De nada, gente.

Fomos conferir as informações com os termos de adesão para baixar o jogo e SIM:

  • está escrito mesmo que eles podem cooperar com governos nos envios de dados (artigo 3.e)
  • SIM também para o fato de não poder mudar a opção de rastreamento (artigo 6)

O que isso que dizer?

Nada de muito confuso! 🙂 Apenas que as áreas internas, antes desconhecidas pelos sistemas de rastreamento de GPS, agora serão mapeadas, como já são, aliás, nossos arquivos na nuvem, nossas buscas na internet e até mesmo, nossos arquivos e dados em celulares e desktops ligados à internet.

Isso deveria ser um problema? Você deveria falar para o seu filho que o jogo é “coisa do diabo”? Deveria proibir sumariamente que ele o usasse (ainda não está disponível no Brasil, mas já já chega oficialmente)? Deveria fugir dele ou deveria encarar que o desafio não é esse e que o jogo é só uma parte da transformação planetária, e bem pequena?

Pense, pense, pense…

Fica aqui a pergunta, para você leitor.

O QUE É QUE TEM A ESCONDER NESTE NOVO CICLO?

(REFLITA LOGO E PRIVADAMENTE, PORQUE O PRÓXIMO PASSO SERÁ O MAPEAMENTO DE PENSAMENTOS.)

Fontes:

MAIS MATERIAL SOBRE O ASSUNTO:
http://bit.ly/2aek3JD
http://bit.ly/29A7iFu

PÁGINA OFICIAL DA NINTENDO – POKÉMON GO

http://www.pokemongobrasil.com/o-que-e-pokemon-go-e-como-ira-funcionar/ 

TERMOS DE ADESÃO PARA CONFERIR OS PARÁGRAFOS QUE FALAM SOBRE COMPARTILHAMENTO DE INFORMÇÕES E RASTREAMENTO OBRIGATÓRIO

https://www.nianticlabs.com/privacy/pokemongo/en/ 

8 Comentários
  1. Para pensar mesmo…. Era da transparência literalmente em todos os sentidos… Gratidão pelas informações.

  2. Bom, eu não tinha lido nada sobre esse jogo, apenas ouvi falar…e..caramba,,,como as pessoas se entregam fácil,já que não lemose só clicamos em “concordo”!!Mas fico aqui pensando que é uma transparência unilateral, pois só alguns(os de sempre) é que vão ter acesso a todas essas informações “transparentes”…estou errada?

    • Não sei se é unilitaral, completamente. Talvez nós é que não tenhamos nos ocupado, ainda, de pecorrer as informações que são públicas – deles, governos – e nem sabemos onde encontra-las!
      Acho que uma hora dessas tudo vai virar público. 😀

  3. Sabe Mirtes, eu tbém havia entendido, como unilateral, como invasão de privacidade, mas depois , pensando no assunto, percebi como ficam claras as intenções e acho que é isso que vale neste novo ciclo – é vc perceber em si e nos outros, sejam pessoas físicas, jurídicas, governamentais – quais são realmente as intenções. Elas agora são claras, transparentes! Eu sempre tive muita dificuldade em perceber as intenções das pessoas que se aproximavam de mim e tive sérios problemas com relação a isso, me deixei iludir inúmeras vezes. Hoje, percebo claramente quando a pessoa está se aproximando com “outras” intenções, aquelas que só beneficiam um lado. É como se a pessoa tivesse um luminoso pendurado no pescoço, piscando : PERIGO, PERIGO!!!
    Chega a ser cômico, as vezes! 😀

  4. É só o começo.
    O próximo passo é o chip intra dérmico.
    Por enquanto, não é obrigatório.
    “Voce quer CPF na nota?”
    Por enquanto, não é obrigatório.
    Você quer um documento com cadastro único?
    Por enquanto, não é obrigatório.
    Está faltando bem pouco.
    Mas, não se preocupe, já somos considerados propriedade de alguém.
    Ficou surpreso, indignado com esta afirmação?
    Infelizmente e a muito tempo é obrigatório.
    Você não!!!!
    Já assinou algum destes contratos.
    Você tem Certidão de Nascimento, RG, CPF, CNH, Certidão de Casamento….
    Lei Marítima do Almirantado.
    Seja Luz

  5. Entendo que não devemos confundir invasão de privacidade com transparência, pois seria mais uma inversão de significados que tanto encontramos por aí, assim como o bondoso virou o bobo, o pilantra virou o esperto e inteligente e etc. Para mim transparência necessita de consentimento e consciência, e não camuflado num jogo para descobrir algo, ainda mais num jogo de criança, explorando sua inocência, sendo que a criança não tem consciência/percepção dessa “invasão”.
    Longe de achar que temos alguma privacidade perante os governos, órgãos e conglomerados, como bem colocado pelo Luiz Barelo.
    Resta-nos abrir a nossa consciência para o Universo e nos evoluir.

  6. Nada a esconder, mas essa realidade aumentada ou essa virtualidade estendida medão a impressão de ter sido sugada por um buraco negro. Vamos ver no que vai dar. Por enquanto o efeito dessa loucura tem sido muitos hematomas e galos nas testas dos buscadores de Pokémon. Quanto aos buscadores de “encrencas”, esses sempre aparecerão aos montes!

  7. eu axo que o chip, jah foi implantado nos humanos, com a propia adesão deles, atraves dos chips dos telefone celular e das redes socias, qnd voce vai nun lugar, faz un check-in, voce mesmo ta informando pra todo mundo aonde voce ta andando, o lance tende a soh piorar, com essas tecnologias nos se afastamos mais da nossa esencia e vivemos longue da vida real

Deixe uma resposta para Una Cancelar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Unaversidade