Escolha do Editor

Natal: eu não tenho tempo para tanta bobagem. Você tem?

Já sei que vamos tomar dislikes e receber comentários nada fofinhos por causa do título do artigo.

Pois é. Mas nem para isso temos mais tempo, nem para ligar para isso…

Nesta época em que a Festa da Luz impera com força total no Ocidente, na qual casas e mesas estão preparadas para receber e enviar a energia Crística aos corações de quem sabe surfar na onda das vibrações coletivas, Natal parece ser Fake News.

Você não pode estar falando de Natal quando passa o dia julgando o amiguinho e torcendo para que as coisas não deem certo.

Você não pode desejar Feliz Natal se acha mesmo que a festa era pagã e se apropriaram dela… Era? ERA! ERA, foi, já era. Não é mais, não durou e não deveria durar porque tudo se recicla. Legal é festa pagã… Legal também é rito Maia e Asteca de cortar a cabeça do inimigo e jogar bola… Né? Outra ERA que já ERA, próxima, por gentileza!

Pode ser que em alguns anos decidamos coletivamente que nem Natal deva existir. Que não faz mais sentido falar sobre isso e aí, passará. Certo; como tudo mais, deixará de ser importante ou necessário, mas por enquanto, está faltando muito espírito Crístico sim, tenha isso o nome que tiver. Não precisa ser católico, nem cristão. Espírito Crístico é solidariedade que se espalha, é Amor aplicado, e sem envolver crença alguma, é ética pura, consigo e com os outros.

Não há mais tempo para não entender.

Não temos mais tempo para as bobagens new-neo-pós filohistéricas reinventantes das rodas. Você não está filosofando quando boicota um Feliz Natal! de sua tia octagenária, ou quando é o engraçado do grupo familiar do WhatsApp, dizendo que vai vomitar no arroz com passas.

Você é o mala que não tem respeito pela crença dos outros, pelo que eles acham que é o melhor a oferecer e não aceita a faixa de compreensão alheia e sim, eu estou falando isso para você e até pode parecer que estou fazendo o mesmo, né?

Rápidos em julgar, péssimos em aceitar…

NÓS JÁ ENTENDEMOS QUE NÃO DEVEMOS SER ASSIM! POR QUE NÃO COLOCAMOS ISSO EM PRÁTICA?

É de Amor que se trata tudo isso. Poderíamos ter ESPÍRITO CRÍSTICO 365 dias no Ano e tenho certeza de que o próprio aniversariante torce por isso.

Pense em todos os rituais envolvidos nessa data.

Você não gosta dessas pessoas? Ah, meu querido, o que te garante que todos eles gostem de você? Iluminação, elevação espiritual, ascensão, é tudo, menos esse bla bla bla whiskas sachet que você, a última bolinha da árvore, a meia furada da lareira, está pregando. Está desdizendo em 24 horas – ou enquanto durar a ceia – tudo o que leu o ano todo, o que ouviu e o que perseguiu como meta pessoal.

DEIXE QUE TE DESEJEM O BEM. PERMITA RECEBER AMOR EM FORMA DE CLICHET. CLICHET PARA VOCÊ: SUA TIA OCTAGENÁRIA, A DAS UVAS PASSAS, ESTÁ MESMO TE ABENÇOANDO, DO JEITO DELA, COMO ELA SABE, COMO ELA PODE!

Nem estamos falando de gostar. Estamos falando de aceitar. Estamos falando de abrir as portas da Essência e colocar o ego no cantinho, vestido de Grinch, para emitir e receber, com VERDADE, energia adequada. Verdadeiramente emanar um FELIZ natal (olha como é o FELIZ que importa), ou um BOAS FESTAS. “Muito boas, pessoa à minha frente; boas festas, bons dias, bons momentos, boa vida, te desejo o bem!” é seu subtexto mental, dito pelo coração.

Pode ao menos TENTAR aceitar?

Pense nos cumprimentos, na entrega de lembrancinhas, na decoração, na guirlanda da porta, na velinha da mesinha de canto, na escolha de itens para repartir, na dança que é conciliar agendas com familiares, na ginástica que se faz para ser onipresente, na louça mais bonita e na toalha mais limpa que é oferecida para que a coisa tenha cara de festa, no dinheirinho que poderia ter ido para um batom e foi para as nozes.

“DANEM-SE AS NOZES! ARGH! ODEIO NOZES! E PASSAS! ESTAMOS NUM PAÍS TROPICAL, PRÁ QUE NOZES?”

(Acima, é a cena 4, com você roubando a festa, a energia da festa, o clima da festa, o sorriso dos presentes e o próprio Cristo. Parabéns! Excelente atuação. Prêmio Grinch, pelo quinto ano consecutivo!)

É muita energia de todas as partes e é muito benéfica quando se sabe usá-la.

Mas até o bem pode ser mal utilizado… Você joga tudo no lixo quando sai do tom do propósito, que não é a festa, mas o aniversariante, e não é Jesus, é o Espírito Crístico, em si, tentando também nascer. Tentando, porque os aborteiros aparecem e numa casa ou outra, numa família ou outra, num grupo ou outro, ele não nasce, ele não vinga.

É uma lenda para você? Tudo bem! Qual é o problema, uma vez que TUDO É ILUSÃO? Vai lá comprar a camiseta do Star Treck então, bobão! Não dá para não rir desses argumentos de Maternal II. Natal é lenda e seu culto ao pé da planta não é? Natal é lenda e sua volta ao redor do terreiro com tambor batendo não é? Natal é lenda, mas a pedra brilhante que reequilibra energia do corpo não é? Natal é lenda e seu grande livro de sociologia não é?

Natal é uma vez por ano e você vive muitas lendas diferentes, o ano inteiro, meu bom. Você é a lenda, aliás… Sabia? Não? Hummm.

Não temos mais tempo prá essas bobagens.

Tudo é Ilusão, inclusive minhas palavras. Ponha mais passas e coma quente. Um pedaço de panetone depois, cai bem.

Seja Luz!

10 Comments
  1. Reply
    Zeneide Batista 20/12/2018 at 5:12 PM

    Uau….que chamada a reflexão…… Viva e deixe o Espírito Crístico viver…. Gratidão!!

  2. Somos uma pedra bruta a lapidar…ops! não há mais tempo para não entender! Ah e no lugar das nozes vai bem umas fatias de manga. Hummmmm!

  3. Reply
    CÁSSIA SANTIAGO 20/12/2018 at 8:12 PM

    Amo o Natal e toda essa energia de amor que eu vibro e a grande maioria que eu conheço tbem. Não aceito pessoas chatas e que não emanem a mesma vibração de amor nesses momentos próximo a mim e aos meus ….

  4. Ual… Gratidão ..como sempre nos fazendo refletir …💕💕✨✨🙌

  5. Maravilhoso!!! Queria colocar num outdoor rsrsr…

  6. Bato palmas e peço bis! Um bis a cada momento em que somos inundados por ondas arrasadoras que se miram nos espelhos das selfies egóicas. O provérbio mais apropriado é: “Cada um só dá o que tem.” E para aqueles que têm necessidade de aprovação a cada instante do dia, minha resposta é sempre a mesma: nada. E para os que gostam de chocar, recomendo um bom ninho, no galinheiro! E ainda fica uma reflexão: galinha tem asa, mas não voa alto. No entanto, faz um barulhão danado!
    Que se festeje muito, que se dance muito, que se brinque muito e que se VIVA o amor em todas as festas! FELIZ NATAL!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade