Não pense, faça!

Texto: Zeneide Batista | Ilustração: Gisele Caldas

ilustra_giselecaldas_Proatividade_2 www.gisele-caldas.blogspot.comO tema desta semana é muito usado nas empresas, onde a pessoa, que tem essa característica se destaca sempre dos demais, antevendo as situações e trazendo as soluções antecipadamente…. Segundo Maria Christina de Andrade Vieira, empresária e escritora:

“Proatividade é correr atrás espontaneamente. Ser ligado, veloz, disponível, é liderar, administrar o conflito, motivar, ter energia, realizar, pacificar (…)”

Pensando em termos de novos tempos e novos aprendizados, relaciono essa característica com as leis do Codex, e aqui podemos observar várias delas.

Segundo a Lei da Coragem, vemos que: é o enfrentamento ou neutralização de qualquer situação antes que o medo se instale. É ação permanente, e requer nossa atenção diária, para todos os desafios que enfrentamos ao longo de nossa caminhada.

A Lei da Vibração também pode ser apresentada, pois toda vibração que emitimos retorna, na mesma proporção. Então quanto mais próximos estamos do Amor, mais elevada será nossa vibração e nossa energia, para nos antecipar e buscar as soluções agindo de maneira proativa também em nossa vida, assumindo nossas responsabilidades e escolhas, revendo nossos conceitos, crenças e mudando nossa realidade. Colocando atenção e qualidade nas informações que recebemos.

Prem Baba diz:

“A ação nasce do coração, enquanto que a reação nasce do medo… Sempre que agimos através do medo, criamos situações destrutivas.”

Que nossas ações tenham como base o Amor, e que o Amor seja constante em todos os corações de forma que os atos sejam sempre movidos por esse sentimento maior, que faz toda a diferença.

“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez” (Jean Cocteau).

Seja Luz!

 

1 Comment
  1. “Não sabendo que era impossível, foi lá e fez.” (Jean Cocteau) – Gratidão, Zê e Gisele, suas lindas!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade