Folha em Branco

Bloqueio……..

Quero colocar o que penso num papel… Mas às vezes, sinto um grande bloqueio em fazer isso, tenho a sensação de que tudo o que eu escrever agora, já foi escrito antes, e que tudo o que eu disser também já foi dito.

Então fico aqui olhando para essa folha em branco na minha frente e pensando. O que vou fazer?

Ocorreu-me então um breve paralelo, entre esse papel a ser escrito e nossa existência aqui nesta dimensão… O que estamos vivendo hoje já foi vivido por outro eu, em um tempo e um espaço diferente, as mesmas dúvidas, as mesmas angústias em maior ou menor intensidade. Se vivemos em ciclos e espirais, certamente que todos esses dramas, dores, desafios e  vitórias, já passaram e continuamos avançando, rumo a um crescimento.

Hoje, já não somos o que fomos ontem; alguma coisa em nós já mudou; é certo que alguns conceitos  e ideias são mais demoradas para assimilarmos, mas aos poucos vamos, através de tentativas, erros e acertos, descobrindo qual o melhor caminho a seguir. Interessante que seja o tempo que for, sempre é tempo de mudar.

Daí penso no Codex que às vezes parece muito complicado de praticar, mas se seguirmos o fluxo da menor resistência, se começarmos a olhar para o outro com um pouco mais de amor, perceberemos que podemos fazer algo melhor por nós e por todo o entorno, e que isso só vai trazer paz ao coração.

Ao fazermos isso, os temores diminuem, as dores passam, o sorriso volta e vamos escrevendo nesta folha em branco uma nova história.

SÁBADO, DIA 22 DE OUTUBRO, ÀS 15:00 HORAS, TEM ESTUDO DO CODEX ONLINE VIA YOUTUBE! ACESSE O CANAL ERA DE CRISTAL E ACOMPANHE.

 

3 Comentários
  1. Gratidão, Zê Querida, lindo ♥ : “Hoje, já não somos o que fomos ontem; alguma coisa em nós já mudou; é certo que alguns conceitos e ideias são mais demoradas para assimilarmos, mas aos poucos vamos, através de tentativas, erros e acertos, descobrindo qual o melhor caminho a seguir. Interessante que seja o tempo que for, sempre é tempo de mudar.” Sempre ♥

  2. Maravilhoso, irmã!
    Gratidão!

  3. Sinto que cada momento a vir carrega o “em branco” mas não por não ter nada determinado e sim por eu não perceber o que ali já está.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Unaversidade