Feliz Dia do Pai!

pai2Estamos às vésperas do domingo em que se comemora o Dia dos Pais, data que faz parte do calendário festivo comercial de nossa sociedade.

Muitos não gostam dessas comemorações impostas por um sistema em que o consumo é a máquina que move as instituições, porém, mesmo que assim o seja, podemos nos permitir festejar a data, levando em consideração a sua essência e os seus motivos primordiais.

Como todos já sabem, etimologicamente, a palavra pai, na língua portuguesa, deriva do latim Pater, que significa genitor, progenitor ou ainda gerador. Aquele que dá a vida, que é a fonte da existência. Se nos reportarmos para um significado maior, chegaremos ao que na igreja judaica cristã é um dos apelidos de Deus, o Pai.

Este a quem chamamos de pai e que nos transmite o nome, as nossas características genéticas e que é o responsável pelos cuidados que nos são necessários, quando pequenos e indefesos, e pela nossa formação moral, ética e familiar, é também o representante, neste espaço e nesta dimensão, da Fonte de Criação Suprema.

Não são todos os pais, e também mães, que se dão conta da importância que têm na condução dos seres que lhes são confiados. Também há aqueles a quem essa missão lhes pesa mais como um fardo a suportar, do que a digna tarefa do provedor e orientador. Porém, essas atitudes refletem apenas o ambiente no qual estão inseridas e não a sua verdadeira condição.

Nestes dias em que tanto ouvimos sobre os festejos para os pais, devemos nos lembrar do papel que eles representam em nossas vidas, não apenas pelos seus atos, mas pela sua função.

Por mais distante que um pai esteja do seu filho, e por mais difíceis que suas relações atuais sejam, em termos de relacionamento, sua função em nos transmitir a vida biológica foi cumprida. Se em consequência da sua vivência e do seu ambiente, essa união não é ajustada, ou mesmo se torna conflitante, devemos considerá-la apenas como uma situação, que nada invalida a verdade primária.

A todos os pais que nos acompanham nesta jornada terrena, a todos aqueles que já se foram do nosso convívio, a todos aqueles que estão prestes a se tornarem pais e a todos que ainda virão a sê-lo, dedicamos um espaço do coração extremamente iluminado, acolhedor e carinhoso, abençoando cada minuto que recebemos de atenção e desvelo, não importando o quanto duraram, sua intensidade, nem mesmo sua dedicação. Colocamos todas essas bênçãos, na conta de suas missões como vetores da criação divina.

Um lindo dia do Pai!

Seja Luz!

4 Comments
  1. Bellísimo Iara, brindemos a todos os pais que com coragem assumiram esta missão com todo amor e desvelo. E a muitas mães que o fizeram também. Beijos de LUZ!

  2. Lindo texto, Iara querida! Gratidão! Abraço de LUZ!

  3. Gratidão pelo carnho e felicidades para todos os pais de suas famílias!

  4. Linda mensagem. Sou muito grata ao pai que ainda está comigo. Vai fazer 90 anos, com saúde, saudável, lúcido e independente.
    Esta lembrança, de comemorarmos este dia, só me traz alegrias, pois o comemoro sempre. Iara, Ale e equipe, sempre a frente das importâncias de nossas vidas. Vocês, são muito importantes nas mensagens. Feliz dia dos Pais, a todos. Gratidão a vocês.

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade