Família: um desafio precioso

TIPOS DE FAMÍLIAVoltando às atividades aqui do blog, vou falar um pouco sobre a família.

Sempre me lembro da música dos Titãs…

“FamíliaFamília / Papai, mamãe, titia / FamíliaFamília…” 🙂

É um tema importante, pois todos nós temos a nossa família, e vivemos os desafios e as alegrias diárias que ela nos proporciona.

Percebo que existe uma preocupação da sociedade, de um modo geral, quanto ao rumo que a família toma, nesses novos tempos.

É crescente os números de casos de violência que se noticiam diariamente; parece mesmo que querem que pensemos que só a violência impera. Bem, ela existe sim, está aí, é fato. O que não podemos jamais é acreditar que é só isso que acontece.

Há um grande número de exemplos de amor, compromisso e união das famílias, que não são noticiados, e é disso que falo. Apesar de todo o caos, encontramos todos os dias histórias de dedicação e cuidados de seres que se dispõe a amar e fortalecer os vínculos familiares.

Precisamos, a cada dia, focar nossa energia e atenção nestes exemplos de amor; valorizar e compartilhar essas verdadeiras lições de vida.

Lembrando sempre de aplicar em nossa vida as Leis do Amor, da Coragem, da Expansão e  tantas outras que norteiam nossa vida, pois nos fortalecem e expandem ainda mais nossa consciência, aliado aos exercícios, Espaço do Coração e Alinhamento.

Li outro dia um artigo onde a autora cita vários tipos de família, eu nem imaginava tantas denominações,compartilho com vocês, porque achei interessante, mas o mais importante mesmo é que o amor seja sempre a base de todos o relacionamentos.

Deixo também, no final deste artigo, um vídeo bastante esclarecedor. Espero que gostem!

Seja Luz.                                        

OS TIPOS DE FAMÍLIA:

MATRIMONIAL – é aquela onde há um casamento de papel passado, legal.

UNIÃO ESTÁVEL – casais que vivem juntos, sem assinar o papel, provavelmente não pretendem “se casar”.

CONCUBINÁRIA – casais que, provavelmente, pretendem “se casar”.

MONOPARENTAL – pai ou mãe criam o filho sozinho.

INTERSEXUAL – composta por transexuais.

HOMOAFETIVA – composta por casais do mesmo sexo.

UNILINEAR – mulheres que tiveram filhos por inseminação artificial, sem saber, muitas vezes, quem é o pai.

MOSAICO – composta por casais separados, que vivem juntos com filhos de relacionamentos anteriores.

EUDEMONISTA – Os amigos, por exemplo, ou pessoas que vivem juntas, que  estão ligadas por algum tipo de laço afetivo.

Ana Lucia Braga(autora)

http://sustentabilidadeparacriancas.blogspot.com.br/2011/11/historinha-familias-diferentes.html

 

9 Comments
  1. Gratidão, Zê, por tanta energia = informação amorosa neste Artigo! O texto, música e vídeo me lembraram de um desenho que reflete sobre a formação de uma família fora dos moldes tradicionais, mas tão cheia de carinho e cuidado quanto… Lilo & Stitch – nele o Stitch – pequeno alienígena aprendeu que: “‘Ohana’ quer dizer família, família quer dizer nunca abandonar ou esquecer.” https://www.youtube.com/watch?v=Yk_0hNBEzrc

  2. Muito bom, Zê querida. Parabéns! Eu assisti um filme onde um homem e uma mulher, cada um com filhos de outro casamento, foram morar juntos. Não me lembro o título, mas é muito bom. Depois de muita confusão venceu o amor.

  3. Reply
    Erci R.P.Galdino 19/02/2015 at 12:51 PM

    Perfeito, adorei! Parabéns, bjs

  4. É isso aí, Zê: “Toda maneira de amor vale a pena.” A citação vale especialmente quando se fala em família, esse núcleo tão significativo para o nosso desenvolvimento. Beijos de luz!

  5. Eu acredito que o amor supera tudo, quebrando barreiras, ultrapassando obstáculos e superando paradigmas, como nossas crenças, que são sustentadas por nossos valores pessoais, que fazem nossa realidade, por isso tudo na vida é relativo!
    Somos seres únicos, singulares, cada qual no seu modo de ser, de sentir, de pensar, de agir.
    Cada um de nós está vivendo suas próprias experiências, vivendo sua própria vida, exercitando seu arbítrio e sua crença no nível de consciência que temos.
    O importante agora é o AMOR “Alta Frequência”!
    O importante é deixar para trás nosso idealismo egóico!
    Lembre-se de que dançamos e cantamos aqui por um único coração!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade