VISÃO 5D

Cuidado com o Ego, o Ego te pega…

É, não é moleza não, transformar-se!

São poucos os que pensam nisso obstinadamente, mas existem. São os atentos aos pensamentos, sentimentos, ações e intenções, não o tempo todo; sempre que podem, o que é diferente de: de vez em quando, ou nunca.

Mas quando a Essência começa querer dar o ar da graça – e aqui a palavra Graça tem o sentido de dom concedido pela Fonte – aparece nosso mais conhecido personagem: o EGO.

–  COMO ASSIM, VOU PERDER MEU TRONO PARA A ESSÊNCIA? DE JEITO NENHUM! QUEM MANDA NESSA BAGAÇA SOU EU! CONSTRUÍ UM MUNDO ILUSÓRIO E VOU VIVER NELE, CUSTE O QUE CUSTAR!

Muito esperto, ele começa montando um palanque no hemisfério esquerdo do cérebro e racionaliza tudo. Seus intermináveis discursos, mais longos, prolixos e complexos que os do Fidel em dia de Vitória da Revolução têm o mesmo ritmo enfadonho das conversas que não levam a nada, mas que tiram a paciência e a concentração, embotam, sufocam e constrangem.

Caso a Essência não dê muita bola para a falação mental, ele parte para o plano B: o ataque ao lado frágil da corda, o Corpo.

Como o Corpo está a serviço de quem chegar primeiro e falar mais forte, sem qualquer tipo de julgamento quanto ao objetivo, mérito, propósito ou sentido da ordem, ele, de cara, toma um baita susto com o grito do Ego; depois, mais que depressa, se põe de joelhos e o reverncia, com medo de ser destruído.

Acontece que é justamente por aí que o Ego começa… lesando o Corpo para que a Essência se retire.

É que a Essência, apesar de de detentora absoluta do pedaço, divinamente falando, é tão flexível que espera que o Corpo a siga por Amor, não na porrada.

Só que o Ego age mais rápido e a Essência nunca vai tentar convencer ninguém, nem seu meio de expressão, a fazer algo. Ela espera parceria e o Ego só dando SPLASH com o chicote, no Corpo.

Então, o Corpo sofre. Padece, tonteia, empipoca, arrepia, esquenta com febre, esfria e sua; expele líquidos, sólidos e gasosos; produz venenos, destrói células, até mesmo se auto-replica tentando ficar maior do que é para parecer ameaçador perante os ataques e adoece de um jeito, que a única coisa a fazer é se autodestruir para acabar logo com tudo. Pronto, morreu sem precisar. Basicamente, morreu de medo, porque ele não sabe que o poder do Ego é tão ilusório quanto o mundo que ele vendeu ao Corpo.

O Ego é aquele escorpião no círculo de fogo que prefere picar a si mesmo, do que perder uma batalha e sair chamuscado.

Certo. Se você acompanhou a saga até aqui – e estou falando de sua vida! – deve estar se perguntando:

– Saquei! Tem o Ego, tem a Essência, tem o Corpo e “cadê EU, titia”?

Você é a Consciência, junção de tudo isso harmoniosamente, ou caoticamente, tanto faz. Você só vai observar, não tem nada a fazer a não ser sentar os três numa mesma bem linda e tentar restabelecer a paz.

Você é o presidente da ONU – Organização Natural do Umbigo, de onde saiu sua trindade nesse plano  e nesta dimensão.

– Mas não eram 3 – Ego, Essência e Corpo – e mais um, a Consciência? Contei quatro! Que mané trindade, titia?

Eis o mistério do UM…

Tanto é uma Trindade que só pode haver uma combinação:

  • Ego, Essência e Corpo
  • Ego, Consciência e Corpo
  • Essência, Consciência e Corpo

Um de “VOCÊ” (no singular mesmo) sempre ficará de fora, observando, sem poder agir…

Cabe a” TODOS VOCÊ”, decidir quem.

Seja Luz!

7 Comentários
  1. Adorei! Essa ONU nos dá a verdadeira visão de todas as organizações, não importando em qual campo de atuação. Hoje, mais do que nunca, a consciência, como significado de sabedoria, é o que deve prevalecer. Beijos de luz!

  2. Show de artigo, hora e reunir Essência, Consciência e Corpo , e ser Luz..

  3. Maravilhoso! Organização Natural do Umbigo foi ótimo.
    Morreu de medo…
    Ale, que bela explicação! Que quadro incrível vc mostrou agora!
    Grata por isso!

  4. Responder
    Maria Aparecida Basso 04/09/2018 em 9:58 AM

    Como sempre vc nos brinda de forma clara que compreendemos ! Bora lá essência consistência e corpo.

  5. Estou amando tudo isso .Somos consciências multidimensionais tentando entender o processo.

  6. Responder
    Fernanda Sá Pereira 04/09/2018 em 12:11 PM

    Tô aqui na observância!! Onde eu estou mesmo!! Pensei que estava lá mas, estou cá! Onde mesmo?

    Valeu Alê.pelo mapa das nossas instâncias, tão claro que confundi. RS

  7. Desde criança deixamos (nós mesmos, os pais e a sociedade) o Ego crescer e acreditamos que ele é o mais importante de nós, alguns acham que ele é o único.
    Quando amadurecemos descobrimos que não é bem assim, pois ele não nos trouxe felicidade, só insatisfação e ilusão de que a felicidade está fora de nós.
    Agora para resgatar aquela Essência que nasceu com a gente, temos que nos livrar de vários hábitos e pensamentos antigos e das armadilhas do Ego, pois ele não quer perder o trono nem o poder.
    Grata Alê por resgatar a nossa missão de saber Quem Somos! Seja Luz

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Unaversidade