Convivendo com a Ilusão

Talvez seja inapropriado, mas desde que abri os olhos um pouco mais, não consigo parar de enxergar essa famigerada ilusão.

Tudo parece uma grande brincadeira, tudo parece infantil e distante.

Quando tocamos o infinito, mesmo que a beirinha, a viagem de volta não se parece nada com voltar pra casa. A casa fica lá naquele espaço e mesmo que só tenhamos aberto a porta pra luz entrar, a ilusão nos chama de volta e isso nos violenta.

Divididos, nos mantemos aceitando as regras de um mundo cheio de limitações, enquanto nos esforçamos como Sansão pra derrubar as pilastras desse templo interior e acabar com essa dualidade sufocante que nos lembra constantemente do que temos sido nos últimos milênios.

Cheios de gratidão pelo apoio das Plêiades, seguimos aprendendo, porém a consciência do vazio, por vezes, é sufocante e a distância de casa parece que só aumenta.

Há tanto a fazer, que a sensação familiar de impotência, que nos acompanha desde que acreditamos que deus está lá fora, nos transforma em ativistas de redes sociais, tentando mudar a realidade, salvando um prisioneiro russo ou golfinhos em algum lugar do mundo. Distraídos. Iludidos.

Nos libertamos de quase tudo, rituais, crenças, costumes e vícios, mas voltamos, constantemente, nossos olhos pro céu, ansiosos por uma intervenção extraterrestre, sejam naves ou meteoros, que façam o serviço e derrubem o templo por nós, na ilusão de que a realidade precisa ser reconstruída.

Sentimos que nossos cabelos estão crescendo e nossa força retornando e que a qualquer momento estaremos aptos a derrubar essas pilastras que nos prendem.

Vislumbramos a chegada do momento da escolha. Verdade ou Ilusão?

O que Sansão não sabia é que ele não precisava empurrar para destruir as

pilastras do templo — ou do tempo. Só era preciso parar de sustentá-las.

Não resista.

1 Comment
  1. Reply
    Janice Valeria Pedro 26/08/2015 at 5:22 PM

    …mas que atordoa, atordoa! Gratidão!!!!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade