Cinco dedinhos de prosa

unnamedMuito bacana… Você conheceu duas práticas excelentes no Movimento Era de Cristal e percebeu o quanto influem na nossa saúde e nutrição em seus sentidos mais amplos: o Exercício do Espaço do Coração e o Alinhamento Energético. Mas, fez o download do Codex e ele está engavetado Desde o princípio? Então, nem imagina o quanto estas Leis são preciosas! Não apenas por regerem toda a dinâmica do Novo Ciclo, mas também porque potencializam as outras práticas já citadas. Vou me ater às premissas. Cinco. Memorizáveis até com seus dedinhos. E mágicas:

1. “Não julgar” -> Esta é uma das premissas mais desafiadoras, pois nossas experiências e registros de todo o ciclo anterior se baseiam na dualidade e ilusões. É nos complicado não classificar e decodificar qualquer que seja a vivência em polos extremos. Estamos aprendendo ou relembrando a celebrarmos a Unidade e a Verdade. O não julgar se aplica não somente a outra individualização, mas também a si mesmo em toda a sua extensão: sentimentos, emoções, pensamentos, vibrações, intenções, ações. Isto não significa ausência de discernimento. Pelo contrário, aqui a Consciência se torna presente e nos dá o direcionamento necessário ao alinhamento com o melhor de nós mesmos. Percebemos em cada um pleno potencial para realizar o mesmo.

2. “Ser humilde” -> Ao contrário do velho ciclo, não há base sustentável no ego. O ego é como uma armação desajeitada, que cresce predatoriamente, sem outro critério que não seja o de ser exaltado, idolatrado. Mimado, umbigólatra e birrento, nele não se aplicam conceitos estruturais como responsabilidade, autonomia, respeito, liberdade, empatia. Por seu isolamento insistente, quando em prioridade nas nossas vidas, o ego nos desconecta do que é prioritário, porque não consegue enxergar nada mais importante do que ele mesmo. A humildade tem a raiz em húmus, “solo SOBRE nós**”, aí sim, as raízes, bases podem se fundamentar. É na humildade que nos fortificamos mutuamente, com coragem vamos ao cerne de nós mesmos, sempre na descoberta do que de fato é essencial e verdadeiro em nós. É um trabalho árduo e solitário, mas os frutos são redistribuídos com graciosidade e abundância a todos. Uma bênção.

3. “Não fazer nada contra a Lei do Amor” -> Amor é um exercício no Presente. Não é condicionado pela distância, tempo transcorrido, por expectativas futuras. Ao “se” e “quando” de nenhuma espécie. Caso estas duas conjunções se apresentem, busquemos na Consciência do Coração, uma raiz mais profunda e inabalável, a presença do Amor em nosso âmago. A aplicação das duas primeiras premissas (não julgar e ser humilde) facilita bastante o não fazer nada contra a lei do Amor, pois trabalha a unicidade e singularidade de cada ser, bem como retira de nosso destrambelhado ego e devolve à nossa centelha mais íntegra (alicerçada na humildade) a motivação de nossas ações. Fluindo, sem resistências.

4. “Não resistir ao mal” -> “Não resistir é mover-se, não ficar parado. Não resistir é agir. Dessa maneira, significa ir ao encontro do seu verdadeiro fluxo de energia, movendo-se pelas situações. […] Uma situação é apenas uma situação. Devem passar por elas enfrentando, neutralizando e não resistindo. […] antes que o medo se instale.” Segundo o Codex, “o contrário de amor, para este plano e esta dimensão que ainda tem a dualidade, não é o ódio, é o medo.” Verdade é tudo que parte da Fonte. Na Fonte, somos “UM e o Mesmo***”.

5. “Não fazer nada contra a Lei da Misericórdia” -> Quando nos comprometemos a integrar as 4 primeiras premissas ao nosso cotidiano, percebem como a Lei da Misericórdia fica nitidamente mais praticável? “Precisam compreender que no funcionamento geral do Universo não se “perdoa pessoas”; cancela-se o vínculo com situações, o que talvez torne mais fácil este processo para cada um dos indivíduos. […] As inter-relações são baseadas em situações.”

Imagine o efeito que o exercício consciente destas 5 bases do Codex teriam na sua mais nano partícula física até sua extensão mais etérica? Como isto resultaria na manutenção da sua saúde? Então, esta é a proposta, não se restrinja apenas ao Alinhamento Energético e ao Espaço do Coração, multidimensione sua capacidade de se integrar ao Novo Ciclo, esta Era cristalina que se iniciou. Tome bastante água e se permita conhecer e vivenciar as Leis do Codex. Aquela mudra em que juntamos as mãos em posição de prece  _/_  ou a outra em que o/ louvamos ou agradecemos podem ser ressignificadas pela presença destas 5 bases na ponta dos dedos (memorizadas), brilhando em nossos atos, na consciência, no coração, abençoando o que somos: LUZ!

Seja Luz!
Trechos citados entre aspas – Codex.  ** Site: Significados. *** Livro Despertos – Trilogia do Sonho – Ale Barello.

1 Comment
  1. Reply
    Cláudia Sampaio 15/05/2015 at 9:54 AM

    Muita gratidão pelo carinho ❤ Queridos! Convido vocês todos a participarem das reuniões de estudos sobre o Codex 😀 que são realizadas presencial (e gratuitamente) ao final de cada mês, em vários polos. As poucas horas em que nos dedicamos à reflexão de suas Leis, assim de forma compartilhada – unidos – são muito importantes e têm efeitos maravilhosos no cotidiano. A ponto de nos surpreender. Além disto, os exercícios propostos dão continuidade à sementinha gerada ali, que cresce e floresce em decisões e escolhas mais alinhadas com o propósito dos nossos corações ❤

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade