Alegria, o tom do momento

alegria

Nesta semana, o Blog do Movimento vai falar sobre um tema que está presente na vida de cada um de nós: alegria!

A sugestão é que, juntamente com as leituras, fiquemos atentos aos pequenos e lindos momento alegres em cada agora, porque ao que tudo indica, ela tem a ver com percepção e utilização da energia, impregnando cada parte do nosso corpo físico.

Podemos começar a refletir sobre o tema, explorando, sinceramente, cada um dessa perguntas:

  • Quando eu me sinto alegre?
  • Percebo a alegria, antecipadamente, ou ela surge repentinamente?
  • Minha alegria depende de movimentos externos, como pessoas, fatos e situações?
  • Posso me concentrar em buscar alegria dentro de mim mesmo e fazê-la vibrar no meu corpo físico?
  • “Onde”, no corpo, sinto alegria?
  • Alegria tem relação com temperamento, ou com estado, no meu caso?
  • Uso minha alegria como moeda junto aos outros seres?
  • O que faço para alegrar os outros? Posso fazer isso?
  • A alegria muda o mundo? Por quê?

Essa lista é só um começo… os artigos a seguir trarão mais perguntas e mais respostas, obviamente, sob o ponto de vista pessoal dos nossos colunistas.

E assim, desejo a todos uma semana na medida certa, com tudo o que for necessário para o desenvolvimento de seu potencial.

Peço também que continuemos trabalhando no nosso Espaço do Coração com os aspectos dissonantes da terceira dimensão… Lá fora e aqui dentro, são a mesma coisa. Nosso país, por exemplo, merece um destaque especial em nossas vibrações.

Um abraço a todos e em cada um e alegria já! Aumenta o som! 😀

16 Comments
  1. Certamente, trabalhar o Espaço do Coração, com mais e mais vibrações pelo nosso planeta, especialmente pelo Brasil, torcendo para que ele vença colocando a ordem e o progresso antes de tudo.. gratidão.

  2. Reply
    Janice Valeria Pedro 16/06/2014 at 2:42 PM

    Momento de reencontro!
    Velhos padrões são buscados como forma de reconhecimento.
    ninguém mais é o mesmo…
    Lembro de exercícios… espaço coração, labirintos, caridade…
    busco a alegria em meu peito e ele se abre provocando emoção
    intensa… e o faz expandir-se; e o ritmo se estabelece e a criatividade se apresenta e o riso é leve, o entusiasmo crescente…
    No momento exato do aqui do agora obteve-se o domínio do próprio ser dizendo não ao medo…
    E a explosão do amor iluminou o universo a fora; e os ombros se igualaram, a competição foi interrompida sem ganhadores ou perdedores, apenas iguais cumprindo os seus propósitos de luz.
    Sou imensamente, profundamente grata e em paz.
    Valeu a pena!

  3. Reply
    Uiara Andriewiski 16/06/2014 at 2:54 PM

    A felicidade existe em mim, porque veio comigo. A alegria tenho nas pequenas coisas.
    Não preciso de riquezas, de belezas e nem de gente em engraçada que me faça sorrir.
    Eu sou feliz mesmo no sábado na minha simples cozinha lavando salada.
    Isso estou falando para dizer que a alegria é um sentimento que nos faz brilhar e ajuda a expandir a luz.
    Então…LUZ.

  4. Sinto alegria quando consigo colocar o foco no meu coração, utilizando a ferramenta Espaço Coração, ou mesmo, utilizando métodos menos diretos. Enxergo, assim, o externo sob uma nova perspectiva, é Verdade na minha realidade.
    Percebe-se a alegria antecipadamente, mas é deixando fluir, crendo na Fonte, sem ansiedade, que a ela aparece”repentinamente”.
    Indubitavelmente, a alegria acontece através de movimentos externos, porém o resultado é efêmero. Que alegria é essa!?
    É perfeitamente possível (nem sempre fácil) sentir a alegria advinda do aparentemente “nada”, que geralmente começa através do foco na respiração, no silêncio interno, resultando em “insights” oriundos do coração e, nos deixando mais próximos da Consciência. Sendo assim, gradativamente, vamos obtendo a manutenção desta vibração em quaisquer circunstâncias.
    Essa alegria é sentida a partir de uma expansão vibracional no centro do peito (chacra cardíaco) e irradiada pelo veículo interdimensional (anteriormente conhecido como glândula Timo) para todo corpo. E percebida fortemente pela mente consciente, através de ondas cerebrais.
    Até então, ligamos a alegria aos temperamentos ou a baseamos em acontecimentos externos, mas já conhecemos o resultado efêmero disso. Escolher pelo estado de alegria genuína é trabalhar continuamente a flexibilidade na mudança de paradigmas, sem a pressão do sistema de crenças, e não deixando se contagiar com a ilusão da falsa alegria externa. As manifestações externas somente devem ser termômetros para mensurar se estamos conseguindo autonomia em realizar esse sentimento, que deve advir do interior de si mesmo.
    A barganha vibracional entre os seres existe; é indiscutível que isso acontece. A alegria é contagiante! Mas saibamos discernir quem em nós está deixando se contagiar; é o coração ou é o ego?
    Portanto, só há dois caminhos para se motivar alegria no outro:
    se a individualização tiver abertura consciencial para isso, ainda que seja de forma subliminar (tocando o coração da pessoa);
    ou de forma compulsória, manipulando-se, aproveitando-se dos interesses de suas crenças em que se baseia sua realidade, objetivando obter benefício ilícito na maioria das vezes (tocando o ego da pessoa).
    Fica evidente o antagonismo entre o sentir alegria e o estar alegre.
    A alegria é capaz de transformar o mundo, sim, mas somente se a alegria não for ilusória (estar alegre), usada como ferramenta de adormecimento da consciência, para manipulação de propósito que não seja o Amor, pois Todos Somos Um!
    Longe da violência, perto da Paz!
    Longe do medo, perto do Amor!

  5. Hoje, quando a Alê postou este artigo no Blog, eu não consegui ouvir a música e me emocionei muito porque pensei: “Como posso iniciar uma semana com alegria, se minha amiga queira está partindo?” Chorei… e fui tratar dos meus compromissos da 3D. E fiquei o tempo todo pensando nisso….

    Durante o dia, conversando com amigos e parentes da minha amiga, eles diziam: Fá, lembre-se que ela estava num momento muito feliz da vida. E é verdade!!!!

    Palavras do filho da minha amiga:

    “Ela estava muito bem, mas aconteceu um AVC hemorrágico, repentino e raro, sem ter o que os médicos fazerem. Mas, vamos rezar para que o melhor aconteça e que ela não sofra, certo? De algum modo, Deus tá me dando uma paz zgigante de acreditar que ela estava mais feliz do que nunca no momento que começou a dormir.”

    Agora, cosnegui ouvir a música e me encher de alegria porque sei que tudo faz parte do nosso processo nesta existência, neste AQUI e AGORA.

    Luz em cada Agora!

  6. Sinto alegria quando vejo a minha filha dormindo “toda torta” do lado oposto da cama quando entro de madrugada no quarto. Sinto alegria quando recebo uma mensagem dizendo que o meu trabalho de compartilhar informações está ajudando as pessoas. Sinto alegria quando ouço uma música que gosto muito ou quando sinto aquele vento quente no meu rosto – aquele prenunciando mudanca de tempo. Sinto alegria quando entro no Espaço do Coração e recebo a resposta antes mesmo de fazer a pergunta. Interessante: para nenhuma dessas coisas é preciso dinheiro ou trabalho árduo. É um estado de espírito que acontece quando abro meus olhos para ver esses momentos. Pergunta: será que posso abrir meus olhos mais vezes, em outros momentos em que ainda os deixo fechados? Pergunta da semana! =) <3

  7. Eu sinto quando vejo sinceridade nas pessoas, sinto alegria por salvar um gatinho desnutrido e hoje velo grande e forte e lhe dar um pedaço de carne :))) Sinto alegria por viver nesse mundo, onde agora as novas energias desabrocharam depois de muito tempo.

  8. Minha mãe falou e disse, minha filha não nasceu chrando ela veio rindo! Assim é a Alegria veio comigo, como bem disse amiga Uiara! Sinto Assim! Simples! Em tudo e por tudo! Hahahahah

  9. Reply
    Monica Moreira Pereira 18/06/2014 at 11:59 AM

    1-Fico alegre quando olho para o Mar , ele me tras uma paz ,misturada com alegria e junto com o por do Sol ,ai é Extase Total.
    2-Alegria sem fim, ver ,ouvir e vivenciar momentos com minhas netas e netos . Viro criança .
    3-Estar com pessoas positivas e ouvir tudo isso que tenho aprendido após transição planetaria
    4,5,6,7, tantas….Amar cada vez mais.

    Vamos Criar momentos Felizes cada vez mais .

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade