À Luz do Codex

EspiralA cada dia que passa, sentimos o quanto são profundos os conceitos do Codex.

O que de início nos parecia um pouco complicado para ser divulgado e bem entendido pela maioria dos indivíduos, hoje se apresenta de uma forma tão linear, que a cada momento descobrimos novas motivações para voltar ao assunto.

Hoje, fica muito claro que o Codex foi estruturado de maneira a que houvesse uma progressão no desenvolvimento das Leis, à medida que estamos adentrando neste novo Ciclo. Os últimos acontecimentos que estamos vivenciando, não só no nosso país, mas também em vários outros locais do planeta, já nos mostram essa ligação entre a sequência lógica das Leis e a cronologia dos fatos.

Senão, vejamos como ele é coerente.

O primeiro capítulo trata das bases gerais para cada indivíduo, no Novo Ciclo, e a ênfase está justamente na possibilidade plena de desenvolvimento, crescimento e proveito que cada ser, existente no Universo, possui.

Só isto já justifica porque se intensificam, neste exato momento, as campanhas contra as exclusões, as discriminações, os privilégios e os favoritismos. Todos, sem exceção, têm cosmicamente as mesmas condições. Aqueles que se apresentam contra esse caminho natural de unificação, são vencidos rapidamente. Assuntos debatidos durante muitos anos, reivindicados arduamente e constantemente adiados, de uma hora para outra começaram a ser aprovados.

Este é um caminho sem volta. Passo a passo, a nova humanidade se conscientizará de sua unidade. Essa é a evolução prevista e assim será!

No capítulo seguinte, que trata das Leis Individuais, a primeira delas é a Lei do Amor e se nos detivermos no seu enunciado, encontraremos a chave para entendermos o momento atual:

“Colocar o bem estar, a ocupação e os sentimentos para com os outros, acima do eu. Negar a existência do mal no mundo e não resistir. O amor segue o curso da menor resistência.”

Quantos foram colocados em cargos que deveriam representar as necessidades e os anseios de milhares que neles confiaram e não cumpriram com o prometido? Em lugar de se colocarem a serviço dessa população – afinal era esse o dever exclusivo – preferiram privilegiar suas próprias vontades. Colocaram o “eu” acima do bem estar do povo, trabalharam para seus próprios interesses e não se importaram com os sentimentos envolvidos, de nação e de cidadania.

Do outro lado, havia toda uma massa que, mesmo resmungando, ainda acreditava e não resistia. Mostrou descontentamento pela realização de uma série de eventos programados, mas deixou seguir o curso desses acontecimentos, sem resistência.

Mas a Lei do Amor é muito séria e importante para ser descumprida. As consequências desse descaso estão surgindo…

A situação se inverteu e aqueles que “inventaram” os tais eventos, hoje devem estar arrependidos ou, pelo menos, muito amedrontados, pois nunca imaginaram terem suas intensões expostas mundialmente.

O mundo todo assistiu a um povo cantando seu hino com veemência e exigindo reformas.  Abusos existiram, mas no meio de todo trigo, há o joio a ser separado. Também não devemos julgar, pois talvez a forma violenta de expressão seja a única maneira de mostrarem que existem.

De uma coisa estamos certos, seja qual for o desfecho desta situação: daqui para frente, todos serão mais cuidadosos no trato público, tanto no cumprimento dos deveres, quanto na vigilância dos direitos.

Ainda conforme o Codex, à Lei Universal e à Lei do Amor seguem-se as Leis da Misericórdia, da Gratidão e da Unidade. Que tal pensarmos nisso e trabalharmos essa vivência dentro de nosso Espaço do Coração?

Temos à nossa disposição todas as ferramentas para que possamos compreender este estágio da nossa evolução e atuarmos nas modificações necessárias, considerando que não se trata de lutar, pois todo tipo de luta é contra nós mesmos, mas de trabalhar arduamente na construção de uma nova consciência.

Seja Luz!

Para fazer download de todas as versões do Codex, visite nossa área de downloads

Para estudar o Codex com o auxílio das videoaulas, visite o Canal Era de Cristal do Youtube

Para conhecer o Codex em forma de princípios, num texto leve e maravilhosamente ilustrado, adquira o livro Seja Luz! aqui

3 Comments
  1. Trabalho em vez de luta!
    Sem palavras para agradecer mas agradeço. Grata.

  2. Gratidão!A cada dia podemos assimilar mais e mais o Codex em nossa vida,pois se por vezes não acreditamos que o novo viria com muita força aí estão os movimentos de massa mostrando isso.Pena que muitos ainda não entendem o que mudou..mas logo saberão que o”EU” mudou!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade