A gestação bioenergética

A gestação bioenergéticaTemos recebido — e, efetivamente, sentido em nossos corpos — muitos relatos de pessoas que dizem estar “enjoadas, sonolentas ou seletivas com a alimentação”, nestes últimos dias dos mês de dezembro.

A mensagem que pode esclarecer, senão toda, mas parte da questão relacionada a estes sintomas, foi canalizada no dia de hoje.

Duas palavras e uma expressão, chamam nossa atenção: nascimento, gestação e novo ser bioenergético.

Pensando bem, isso parece mesmo, sintoma de gestante!

Aquele sono descontrolado no meio do dia; por outro lado, a insônia, pela ansiedade do nascimento e o desconforto com o próprio corpo, que não ajuda a achar a melhor posição; seletividade na alimentação, preferindo um alimento em detrimento de outros e total abandono de alguns, que causam verdadeiras náuseas só de chegar perto; sensibilidade à flor da pele e alegria estampada no rosto…

Estamos nos gestando… Nosso ser bionergético formado dentro de nosso próprio corpo, prestes a nascer…

Reflitam e percebam se os seus sintomas são físicos*, ou energéticos:

“O novo eixo de energia está concentrado entre o cardíaco e o coronário e vocês já sabem disso; o próximo Ciclo é a harmonia entre o sentir e o pensar, mas pensar este, vindo diretamente da Fonte e colocando-se no Coração, que é o verdadeiro espaço interno.

Assim, e por isso, as energias que estavam concentradas no eixo estômago-base da coluna (plexo solar/básico ou kundalini), precisam ser, não apenas dissolvidas, como redirecionadas.

No caso das pessoas mais resistentes, isso pode causar desconforto gástrico. A resistência não quer dizer erro, quer dizer apenas excesso de controle. Mas pense: como controlaria isso? Como sempre fez, de forma desordenada? A gestação bioenergética

Dê boas vindas aos seus enjoos: eles significam que seu caminho está se abrindo, ou, caso fosse controlador, nada sentiria…

A recomendação para manterem-se hidratados e alimentarem-se com comidas frias e leves tem relação direta com isso.

Sigam as pistas, deixem acontecer.

No mais: o que é isso, senão a própria evolução nascendo em você? A gestação do novo ser bioenergético, com seus enjoos e azias… Ou um retirar vomitando, quem sabe, os velhos padrões.

Em frente com as transformações. São sua cura e sua felicidade.

Seja Luz!”

* Sintomas físicos dependem de cuidados médicos. Fique atento ao funcionamento de seu organismo e consulte um serviço médico sempre que julgar necessário. 

Agradecimentos ao Douglas pela indicação da imagem do post! A gestação bioenergética

1 Comment
  1. Reply
    Renilda G M Freitas 10/08/2013 at 5:46 PM

    Tenho sentido uma azia incrível e tenho procurado controlá-la pela alimentação mais saudável e pela firmeza do pensamento em assegurar que apenas se encontra ali uma energia pura e saudável . Ao mesmo tempo sinto uma tendência a assimilar novos conceitos, corrigir velhos hábitos e procurar outros mais apropriados … Fico feliz em saber que estou no caminho certo do aprendizado . Obrigada..

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade