A Era da Transparência

A Era da TransparênciaRecebemos, diariamente, inúmeros emails dando conta das mudanças deste período e já falamos disso, aqui no site, também, várias vezes.

Os relatos passam por coisas físicas, energéticas e emocionais, mas todos, sem exceção, nos mostram que a Transição é um fato e que veio mais objetiva do que esperávamos.

Claro que têm aqueles que “nada sentem”. Na nossa percepção, ao contrário de nada sentirem, estão mais alinhados do que imaginam e talvez tenham trabalhado seus antigos padrões, profundamente, antes do início do processo de ativação da Kundalini da Terra, que iniciou-se na terceira semana de dezembro de 2012.

O que mais nos chama atenção, porém, é o rompimento do véu… sim, um fino e tênue tecido que separava o verdadeiro do falso, o amoroso do amedrontador, o claro do escuro.

Para que a dualidade deixe esta dimensão é necessário que as coisas se fundam, mas isso não é sempre tranquilo…

Nas mensagens dos nossos leitores, há casos específicos de mentiras, há muito sustentadas, que de um minuto para outro, revelam-se; desavenças que se acabam, instantaneamente; sorrisos que se transformam em carrancas e sobretudo, relações, em todos os formatos, que se extinguem.

Não poderia ser diferente! É disso que se trata!

Em todas as canalizações sobre o tema, fomos informados de que a Era de Cristal seria um tempo de padrões tão “cristalinos” e de pessoas tão eficientemente transparentes, que mostrariam a que vieram.

Por isso, uma mentira que durou anos, um sorriso falso que estava quase que colado no rosto de alguns, aquelas palavras aparentemente doces que eram pronunciadas ingenuamente, se desfazem, viram nada, tornam-se absolutamente honestas: verdade, dor, raiva.

Que fiquem cientes, os desavisados, de que nada será como antes!

O seu real propósito, seu objetivo, seja ele qual for, aparecerá, tão nítido quanto a luz de um lindo dia de sol.

Imaginamos a progressão disso social e culturalmente, bem como, política e filosoficamente. Como se darão as relações comunitárias, se agora sabemos “quem é quem”, “o que é o que” e “como as coisas são”?

Um tempo de brilho, é o que será!

De todos os cantos, a Verdade vem gritando e o Amor abre espaço para que ela passe.

Num dia, é um esquema que cai… um perfil fake descoberto, uma traição revelada… No outro, o tal “homem de excelentes propósitos, digno, reto e afável” que se revela um algoz ferino, irônico, contundente; quem diria que ao invés de aliado, aquele era um inimigo? Mas era inimigo mesmo, ou só está mostrando o tanto de medo que tem em si?

Sim, porque o medo só se instala para quem está longe do Amor. A raiva permanece enquanto o paz não se acomoda. A opressão só existe porque não sabemos de onde vem.

Tudo isso, é um processo como o que passamos na infância, lembram-se? Aquele monstro que tanto temíamos, “magicamente”, desaparecia quando a luz do quarto era acesa…

Ele sequer estava lá?

O monstro é o desconhecimento, a ignorância, no sentido de não sabermos. Está sempre em nós… menos quando está claro.

Podemos dormir tranquilos: a Luz, está sim, acesa!

Seja Luz!

* para nortear melhor seus princípios, leia o Codex. Você só tem a ganhar!

1 Comment
  1. Reply
    Renilda G M Freitas 10/08/2013 at 5:48 PM

    obrigada por tanta luz …

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Unaversidade